Enlouquecer uma mulher na          cama por estímulo do Ponto G!

Toda mulher pode ejacular, mas nem todas sabem como. É necessário um estímulo profundo e firme ao ponto G para que uma mulher possa experimentar a ejaculação feminina. Quando uma mulher está prestes a gozar, pode ser que ela também tenha a sensação de que precisa urinar. Se ela tiver usado o toalete antes de fazer sexo você pode assegurá-la de que ela não vai fazer xixi na cama – ao invés disso, ela está prestes a enlouquecer na cama tendo um orgasmo maravilhoso. Incentive a sua parceira a se entregar quando ela estiver com essa sensação.

 

Para as pessoas que não sabem, as técnicas da bondage resumem-se em sentir prazer sexual restringindo os movimentos da outra pessoa. Você não precisa ser um especialista nesta técnica, pois mesmo as coisas mais básicas da bondage servem para dar uma agitada na sua vida sexual. Um dos acessórios mais comuns para usar durante a bondage é a venda. Para quem não tem especificamente uma venda, pode usar um lenço ou pedaço de tecido para vendar a sua parceira. Outro acessório que se pode usar são as algemas, e novamente, caso não as tenha, o lenço ou pedaço de tecido podem ser usados para amarrá-la. Restringindo os movimentos ou sentidos da outra pessoa, o prazer poderá ser sentido de maneira muito mais intenso. Mas é importante saber que não se deve escolher materiais como barbantes, cordões ou cordas para amarrar a pessoa, pois esses materiais podem causar problemas na circulação, inclusive machucar a pele da pessoa. De meia em meia hora, mude a posição de quem está amarrado para evitar problemas de circulação e que ela não sinta dores por estar em uma mesma posição por muito tempo.

 

Bondage 

4 Coisas que você não sabia sobre o sexo...

Sobre o clitóris:  apesar de enxergarmos apenas de 2,5 a 4,5 milímetros de clitóris, o órgão feminino pode ultrapassar 9 centímetros na parte interna do corpo da mulher. O tamanho, entretanto, raramente interfere no prazer, pois tanto os pequeninos quanto os grandes possuem 8 mil terminações nervosas responsáveis pela sensação de prazer – o dobro do que existe no pênis.

Sobre ereção: é a bexiga cheia que estimula nervos e músculos a produzirem a ereção matinal, já a ereção noturna está ligada à excitação causada por sonhos. Pesquisas indicam que os homens têm, em média, de três a cinco ereções por noite.

Sobre ejaculação:  Uma colher de chá de sêmen – a quantidade média por ejaculação – contém 20 calorias, vitamina C, enzimas, cálcio, potássio, zinco, ácido cítrico, frutose e açúcar.

Sobre ejaculação feminina: Durante o orgasmo, 10% das mulheres libera um líquido claro e inodoro, produzido pelas glândulas de Skene, conhecidas como a próstata feminina.

Limpar a casa X Vida sexual

     Não é que o cheiro de água sanitária tenha um efeito afrodisíaco ou nada assim. Mas os casais que mais investem tempo nas atividades domésticas são os que fazem sexo com mais frequência. Foi o que constataram (com certa surpresa, segundo os próprios) pesquisadores das universidades de Montclair e do Arizona, nos EUA, após analisarem os hábitos de 6877 casais norte-americanos. Faria sentido pensar que o excesso de atividades cansaria a dupla e diminuiria a oportunidade para o sexo. Mas não. “Os resultados mostram que os casais que gastam mais tempo nos serviços domésticos e trabalhando fora fazem sexo com mais frequência”, diz o estudo. Segundo os pesquisadores, mulheres e homens que “work hard” também “play hard” – algo como “quem trabalha demais também se diverte demais”.

     Calma, gente. Por enquanto, o efeito só foi comprovado nos ratos. Mas… Tudo indica que a mesma coisa possa acontecer nos humanos. Para chegar a essa conclusão, cientistas da Universidade de Princeton, em Nova Jérsei (EUA), brincaram de cupido com dois grupos de ratinhos: um deles “teve acesso” a fêmeas sexualmente receptivas uma vez por dia, durante duas semanas. O outro, só uma única vez nesse mesmo período.

Comparados aos ratos virgens, os dois grupos saíram da experiência com mais neurônios no hipocampo (outros estudos já mostraram que as células dessa região são especialmente sensíveis a experiências ruins; a não ser que as intimidades dos ratos tenham sido bem decepcionantes, aparentemente às boas também). E, enquanto os ratinhos que só viram a fêmea uma vez registraram aumento no nível dos hormônios de estresse (!), os que mandaram ver todos os dias tiveram um up, além de em novos neurônios no hipocampo, também nas células adultas do cérebro e no número de conexões entre elas.

Que beleza, não?

 

Pesquisa diz:  

 

Sexo faz cerébro crescer.

LOJA VIRTUAL

 

11 2656-0632          11 97399-3042

  • Black Twitter Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
NOSSOS PARCEIROS

Todos os direitos reservados a Loja Sexy Store